O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região segue na luta intensificando as ações contra as reformas da Previdência Social e legislação trabalhista. Em forma de protesto, uma faixa com os dizeres: “Não as reformas trabalhista e da Previdência e contra a terceirização. Nenhum direito a menos”, foi colocada em frente à sede da entidade (Rua Prudente de Morais, 914, centro).

Para José Florêncio da Silva, Bahia, presidente em exercício do Sindicato, “temos que dizer não a qualquer tipo de reforma que propõe a retirada de direitos”, destacou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

*