Vazão e nível do Piracicaba estão abaixo da média

A vazão do rio Piracicaba está 51,9% menor se comparada com a média histórica para abril, e o nível do manancial, 24% abaixo da média registrada nos anos anteriores.

De acordo com a medição realizada pelo Daee (Departamento de Água e Energia Elétrica) nesta terça-feira (19), às 7h, a vazão registrada no rio Piracicaba durante a manhã era de 54,02 m³/s (metros cúbicos por segundo), ante os 112,32 m³/s que costumam ser registrados em abril. Se comparado com o mesmo dia do ano passado, o fluxo do rio, ontem, estava cerca de 19% mais baixo.

Já o nível do manancial batia na medida de 1,48m, altura 47cm menor do que a média histórica para o mês e 8,1% abaixo se comparado com o cálculo feito no mesmo dia de 2016, que registrou profundidade de 1,61m.

Apesar de os índices estarem abaixo dos outros períodos, os números ainda estão dentro de uma escala considerada normal pelo Daee. Faltando 11 dias para o término de abril, os pluviômetros instalados nos arredores do rio Piracicaba já registraram 60,25mm de chuva, ante a quantidade histórica para o mês, que é de 75,03mm.

TEMPO — A semana começou com temperaturas mais baixas na região. Conforme dados do Cptec/ Inpe (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos/Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), o clima ameno se manterá nos próximos dias.

A mínima nesta quarta-feira em Piracicaba pode chegar aos 13ºC e sobe ao longo do dia, não ultrapassando os 24ºC; o céu fica nublado, mas não deve chover.

Amanhã, a maior parte do dia também fica nublada, havendo períodos curtos de sol e probabilidade de 5% de chuva; a temperatura máxima será de 25ºC e a mínima de 16ºC.

 

FONTE: Jornal de Piracicaba