7 coisas que você não sabia sobre produtos que você usa todo dia

Nem todo mundo tem o hábito de ler bula ou descrição dos produtos que usa diariamente. Talvez, seja uma boa escolha. Ou não. Possivelmente, você ficaria surpreso com a descoberta de algumas substâncias presentes na composição de alguns produtos, e o faria questionar o seu uso.

Algumas pessoas até preferem se abster dessas informações por não querer interromper o uso ou consumo. Hoje, vamos listar algumas curiosidades sobre a composição de alguns produtos que você provavelmente usa diariamente e não sabia.

1 – Escamas de peixe em batons e esmaltes

Batom é um item essencial na bolsa de 9 a cada 10 mulheres. Mas você sabia que o batom que você usa diariamente pode ter em sua composição escamas de peixe? Isso mesmo, principalmente os de tons perolados muito provavelmente contêm escamas de peixe.

O tom perolado vem de uma substância prateada de origem primária do peixe arenque, ingrediente encontrado em batons e esmaltes.

2 – Algas na pasta de dente

Entre as diversas pastas de dente disponíveis no supermercado, existem as que prometem dentes mais brancos, hálito refrescante, proteção contra cáries, entre outras. Mas e quanto a sua composição? Entre os ingredientes encontrados na pasta de dente um em questão chama a atenção: a carregenina, obtida a partir do extrato de algas. Por ter paredes celulares externas semelhantes a vidro, essa substância age raspando os alimentos dos dentes.

3 – Protetores solar contêm metais oxidados

Recomendação de todo dermatologista, o uso diário de protetor solar é um dos meios de prevenção de câncer de pele e mesmo proteção para a pele. Mas você sabia que, na sua fórmula, contém partículas de óxido de zinco e dióxido de titânio? Pois essas substâncias atuam como barreiras para os raios solares.

4 – Amaciante de roupas contém gordura animal

Sabe aquele cheirinho de roupa limpa e a sensação de aconchego que os amaciantes deixam nas cobertas? Pois é, normalmente vêm de gordura animal.

Foi encontrado um “ingrediente secreto” na composição de amaciantes. O cloreto de dimetilamônio é um derivado de sebo e gordura animal processada de vacas, ovelhas e cavalos. Depois de vários processos químicos, se transforma em um composto amônio quaternário, o que torna a fibra das roupas mais macia ao toque.

5 – Roupas novas podem ter formol em sua composição

Isso mesmo que você leu, Formol! Substância usada para conservação de cadáveres que pode também ser encontrada em roupas que você usa. Grande parte das camisas encontradas em lojas são revestidas com uma fina camada de formaldeído (formol). Usado para manter a roupa com aspecto novo e a firmeza do tecido. A substância é alvo de diversas discussões, devido a sua alta toxicidade, e que pode acarretar alergias.

6 – Shampoo e Condicionador com composição de origem animal

Assim como os amaciantes de roupa, shampoos e condicionadores de cabelo também contêm componentes de origem animal. Nesse caso, podem conter até 20 dessas substâncias. Podendo ser de origem animal ou vegetal, substâncias como panthenol, aminoácidos e glicerina não ficam especificadas nas embalagens se são de fato de origem vegetal ou animal. Talvez seja uma estratégia das empresas para não perder clientes adeptos da filosofia do politicamente correto.

7 – Alguns cremes de pele usam baba de caracol

A indústria de cosméticos descobriu um componente peculiar que proporciona diversos benefícios à aparência da pele e viraram febre por todo o mundo: baba de caracol. Em 2018, a maioria dos produtos de cuidado com a pele tinha a substância extraída da secreção do animal em sua composição. Se os produtos que você usa ainda não contam com a baba de caracol na composição, talvez fosse interessante investir na novidade, que tem eficácia garantida cientificamente a favor da regeneração das células da pele.

 

FONTE: Fatos desconhecidos