Com isolamento, veja alternativas para trabalho remoto

- Publicidade -

Profissionais que se encontram desempregados ou em busca de uma renda complementar em tempos de isolamento social por causa do novo coronavírus podem encontrar oportunidades em áreas que estão demandando trabalho de forma remota.

A plataforma que conecta freelancers a empresas Workana, a plataforma de recrutamento e seleção Revelo, o site de empregos Indeed e a startup que conecta profissionais e empresas para trabalhos sob demanda de forma remota Creators informam as áreas com maior demanda de trabalhos feitos totalmente de forma online.

“Considere procurar um trabalho de meio período, remoto ou temporário até receber uma oferta. Fazer isso pode manter suas habilidades afiadas e proporcionar uma renda extra. Existem muitas opções disponíveis para pessoas com pouca ou nenhuma experiência, como entrada de dados ou transcrição de arquivos de áudio em documentos escritos”, afirma Felipe Calbucci, diretor do site de empregos Indeed no Brasil.

Veja os profissionais mais requisitados apontadas pela Creators (as porcentagens são a proporção da demanda dentro da plataforma):

  • Diretores de Arte (35,6%)
  • Redatores (17,8%)
  • Gestor de Projetos (8,6%)
  • Ilustradores (8,2%)
  • Community Manager (6,8%)
  • Designers Gráfico (6,8%)
  • Planners (6,8%)
  • Desenvolvedores (5,5%)

Veja as áreas com crescimento expressivo dentro da plataforma Revelo:

  • Business Intelligence – isso não acontecia antes no início do isolamento social por causa do novo coronavírus.
  • As vagas são para Análise de dados, Análise de performance, Data Engineer e Data Science
  • Tecnologia da informação: crescimento considerável de demanda por profissionais
  • As vagas são para administração de base dados, administração de sistema, DevOps, Infra e segurança da informação. A carreira de desenvolvedor de tecnologia segue com bons resultados, apesar de não estar em destaque de alta.

Em todos os casos, as vagas são para os diferentes níveis hierárquicos (júnior, pleno e sênior) e liderança, informa a plataforma.

FONTE: G1

Anúncios