Vivemos a esperança de dias melhores no Brasil

O ano de 2016 foi marcado por uma grave crise econômica no país, podemos dizer que foi a maior do período pós-industrialização. Todos os segmentos sentiram o efeito da crise, com juros altos, inflação, baixa perspectiva, dentre outros.

A atual situação econômica do Brasil vem causando preocupação a população, que depende do seu próprio trabalho para garantir o sustento. O desemprego é assustador, atingindo a marca de 12 milhões de pessoas.

De que forma poderemos enfrentar este desafio e fazer a economia voltar a crescer?

A retomada da economia dependerá exclusivamente do Governo, que para ajustar as contas públicas deve reduzir gastos e não retirar direitos dos trabalhadores.

Mesmo em meio ao um cenário negativo, durante o ano todo, o Sindicato dos Metalúrgicos seguiu a sua luta para que os trabalhadores tivessem os seus direitos garantidos, como PLR, vale compra, reajuste salarial, como também todas as cláusulas coletivas. E quando as demissões aconteceram, o Sindicato buscou meios para assegurar os direitos, com assembleias, manifestações, processos jurídicos, dentre outros.

Apesar de um cenário desfavorável, encerramos o ano de 2016, mas não podemos perder a esperança e devemos acreditar que 2017 será um ano melhor, pois é preciso por um fim em toda esta situação que nos afligem.

Queremos um país novo, que ofereça saúde, educação, moradia, emprego, dentre outros.

 

José Florêncio da Silva, Bahia, presidente em exercício do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba e região