Metalúrgicos de Piracicaba conquistam aumento salarial e renovam todas as cláusulas da Convenção Coletiva

Num cenário de recessão econômica, desemprego crescente, inflação sendo anunciada pelo governo a “1,83%”, reforma Trabalhista, dentre outros, o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região, após várias rodadas de negociação com o Simespi, conquistou um aumento salarial aos trabalhadores e a renovação de todas as cláusulas da Convenção Coletiva da Categoria.

A partir de janeiro de 2018, os trabalhadores terão um reajuste de 2% no salário a ser pago em fevereiro. A categoria conquistou também um vale especial de natal de 15% sobre o salário do mês de novembro, a ser pago total até (20/12), ou parcelado em 3 vezes (dezembro, janeiro e fevereiro), sendo que nos meses de janeiro e fevereiro/2018, os valores devem vir com reajustes. Vale-compra no valor de R$ 300,00 a partir de novembro de 2017. O piso salarial é de R$ 1342,00, para empresas com até 100 funcionários e R$ 1592,80, acima de 100 trabalhadores. Sindicato também garantiu Plr (Participação nos Lucros e/ou Resultados) a todos os trabalhadores: De 1 a 30 empregados: R$ 288,00; De 31 a 50 empregados: R$ 420,00; Acima de 50 empregados, ficam para livre negociação.

Todas as cláusulas econômicas e sociais da Convenção Coletiva do Trabalho foram renovadas, como a garantia de emprego ao empregado vítima de acidente de trabalho, garantia ao portador de doença profissional, hora extra, adicional noturno, garantia ao trabalhador em vias de aposentadoria, dentre outros.

Todos os itens foram aprovados pelos trabalhadores na assembleia realizada (10/11), no Clube recreativo da categoria.

Desde o dia 06 de outubro, a diretoria do Sindicato realiza assembleias com os trabalhadores nas portas das fábricas. As negociações com o Simespi foram intensas, devido a pressão patronal para estabelecer acordos individuais. Mas o Sindicato negociou, insistiu e conseguiu a renovação de todas as cláusulas.

Para Wagner da Silveira, Juca, secretário-geral do Sindicato, “a união entre Sindicato e trabalhadores foi fundamental para conseguirmos manter a nossa Convenção Coletiva. Unidos conseguimos vencer”, destacou.

Assinatura do Acordo

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região e os representantes do Simespi, assinaram (13/11) a Convenção Coletiva da Categoria.

A Convenção Coletiva do Trabalho e o respectivo aditivo contendo as cláusulas econômicas terão validade 2017/2018.

Segundo José Florêncio da Silva, Bahia, presidente em exercício do Sindicato, “foi uma Campanha Salarial difícil, devido a atual conjuntura do momento, mas garantimos a renovação de todas as cláusulas”, comentou.