Metalúrgicos de Piracicaba aprovam em assembleia a mobilização pela manutenção dos direitos

- Publicidade -

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região deu início a Campanha Salarial 2019. Os trabalhadores aprovaram na assembleia realizada no dia 20 de Setembro, no Clube recreativo da entidade, a ratificação dos direitos já consolidados e estabelecidos na Convenção Coletiva de Trabalho.

A Convenção Coletiva da categoria metalúrgica, em 2018 foi assinada por dois anos, com isto para este ano já ficou garantido o aumento da cesta básica e o reajuste salarial sobre o percentual da inflação.

De acordo com Wagner da Silveira, Juca, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região, mesmo diante de tantas incertezas, no cenário político e econômico, e com ataques aos direitos trabalhistas, é preciso ratificar a Convenção Coletiva de Trabalho, pois o patronal tem proposta de retirada de direitos, como por exemplo o convênio médico. É nítido também o desrespeito que ocorre com o trabalhador na hora da homologação, quando ela não é feita no Sindicato. Muitos direitos estão sendo suprimidos.

“Com a reforma trabalhista em vigor, a categoria metalúrgica precisa garantir a manutenção dos direitos já conquistados, por isto a diretoria do Sindicato dos metalúrgicos inicia na próxima semana as assembleias nas portas das empresas, para mostrar aos trabalhadores este rolo compressor que é o capital, e o que ele pretende fazer com os trabalhadores”, destacou Juca.

Os metalúrgicos tem data-base em 1º de novembro.