2020: Seguimos adiante

Iniciamos o ano de 2020, com muitas incertezas, devido ao cenário de crise que se instala no país. O desemprego é ainda o grande vilão de toda esta situação e assusta cada vez mais as famílias brasileiras, ao atingir cerca de 11,6 milhões de pessoas.

Em busca de meios para sobreviver, é crescente o aumento da informalidade, os trabalhadores buscam suprir suas necessidades de diversas formas, trabalhando sem carteira assinada (abrindo mão de direitos), como também por conta própria. Sem contar, que a população sofre a meses com um aumento elevado nos preços dos alimentos, principalmente a carne bovina e a constante instabilidade nos preços dos combustíveis.

É um cenário difícil, mas não podemos perder a esperança e sim permanecemos unidos em busca de ações que contribuam para a retomada do crescimento econômico e a volta do desenvolvimento no país.

A diretoria do Sindicato já iniciou as atividades deste ano. As negociações de PLR’s começaram. Alguns acordos já foram fechados. As PLR’s negociadas pelo Sindicato além de injetar milhões na economia, estimula o desenvolvimento de diversos setores de Piracicaba e região, e representa um excelente reforço no orçamento das famílias.

Começamos o ano também com uma conquista a comunidade de Piracicaba e região, que agora contará com o Posto de Atendimento do INSS Digital, um novo modelo de atendimento que começará a funcionar na Sede do Sindicato (Rua Prudente de Moraes, 914), e que tem como objetivo modernizar os serviços e melhorar o atendimento aos cidadãos. As pessoas poderão dar entrada no benefício da aposentadoria, pensão por morte, salário maternidade, dentre outros.

O Sindicato estará de portas abertas para você trabalhador, associado e toda a comunidade de Piracicaba e região.

Trabalhadores fiquem atentos a sua Homologação: Ela continua a ser feita no Sindicato.

O Sindicato é a entidade legalmente autorizada a homologar, e é quem irá garantir que o trabalhador receba todos os valores devidos, como também verificará que os seus direitos não foram violados pela empresa.

Wagner da Silveira, Juca, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região