Eleição para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos tem início hoje

Acontece hoje (21) e amanhã (22) a eleição para a escolha da nova diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região (gestão 2022-2026). O pleito conta com Chapa única (Chapa 1), encabeçada por Wagner da Silveira, Juca, atual presidente do Sindicato e candidato à reeleição.

A Chapa 1 é formada por diretores experientes, como também por novos integrantes, que vem fortalecer a base sindical, distribuídos entre diretoria administrativa (efetivos e suplentes), conselho fiscal (titulares e suplentes), delegados federativos e confederativos (efetivos e suplentes) e representantes dos aposentados (efetivo e suplente).

Os sócios aposentados do Sindicato poderão votar na urna que está disponibilizada na Sede da entidade (Rua Prudente de Moraes, 914). Já os trabalhadores associados metalúrgicos poderão votar nas urnas itinerantes nas empresas (confira os horários abaixo). Para votar, o sócio deve apresentar a carteirinha do Sindicato, RG ou crachá da empresa.

A coordenação do processo eleitoral é realizada por Edison Luis Venâncio, Rivaldo Rodrigues, Marco Mota e Ricardo Rodrigues e conta também com o apoio de 30 representantes dos Sindicatos dos Metalúrgicos de todo o estado de São Paulo, filiados à Federação dos Metalúrgicos.

Miguel Torres, presidente da Força Sindical, da CNTM (Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos) e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes, está presente apoiando a eleição do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba e região. “O movimento sindical é responsável pelas lutas contra o desemprego e os constantes ataques aos direitos. É fundamental, então, que todos os trabalhadores tenham sempre dirigentes atuantes em defesa de seus interesses. Por isto, apoiamos a Chapa 1, encabeçada pelo companheiro Wagner da Silveira, o Juca, atual presidente do Sindicato. A diretoria eleita pela Chapa 1, com certeza, dará continuidade às lutas de resistência contra os ataques e irá garantir novas e melhores conquistas para a categoria metalúrgica. A Luta faz a lei”, disse.

“Convocamos todos os sócios a participar de forma efetiva das eleições sindicais, para que assim possamos dar continuidade em nossas ações em prol dos direitos. Em meio a tantos ataques e retirada de direitos, o fortalecimento do nosso Sindicato é fundamental para enfrentarmos os desafios e mantermos nossas conquistas”, disse Wagner da Silveira, Juca, encabeçador da Chapa 1.

A apuração dos votos ocorre no dia 22 de janeiro, no Clube recreativo do Sindicato (Av. Dois Córregos, 3110).

O processo eleitoral seguirá todos os protocolos recomendados pelas autoridades de saúde, para garantir a segurança e proteção de todos, devido a pandemia de COVID-19.
Horários de votação: Urna na Sede: Dia 21 de janeiro, das 8 às 19 horas – Dia 22 de janeiro, das 8 às 16 horas.

Urnas Itinerantes: Dia 21 de janeiro, das 8 às 24 horas – Dia 22 de janeiro, das 8 às 16 horas.

Quem tem direito ao voto: Associados Metalúrgicos, Aposentados, Sócios Metalúrgicos que pagam a mensalidade na Sede, Sócios afastados também podem votar na Sede.
Conheça os compromissos da Chapa 1: Luta por melhores salários; Manutenção da Convenção Coletiva e avanço nas conquistas; Ampliar ainda mais o poder de representatividade junto a categoria; Defender os interesses dos Aposentados e Pensionistas; Por mais Empregos; Assembleias permanentes nas empresas; Manutenção do Vale-Alimentação; Saúde e Segurança para o trabalhador; Qualificação profissional; Participação nos Lucros e/ou Resultados; Atividades de lazer para o trabalhador; dentre outros.