Sindicato dos Metalúrgicos entrega pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2020 ao Simespi

O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região, entregou (05/10), ao Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas e Fundições de Piracicaba, Saltinho e Rio das Pedras) a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2020. A pauta foi aprovada pela categoria na Assembleia Geral realizada no dia 17 de setembro, no Clube recreativo da entidade.

Os metalúrgicos reivindicam o reajuste salarial com a reposição do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), aumento real e a manutenção de todas as cláusulas sociais da Convenção Coletiva de Trabalho, entre elas, o reajuste e a manutenção da Cesta Básica (Vale-Alimentação), a Participação nos Lucros e/ou Resultados,  férias, seguro de vida, garantia de emprego ao empregado vítima de acidente de trabalho, garantia ao empregado afastado do serviço por doença, proteção contínua contra o coronavírus, manutenção dos postos de trabalho, dentre outros.

Segundo Wagner da Silveira, Juca, presidente do Sindicato, com a reforma trabalhista em vigor, a Convenção Coletiva, se tornou a principal fonte de proteção dos direitos dos trabalhadores, pois os benefícios garantidos por ela, vão além do que já previstos na lei, como a hora extra de 60%, adicional noturno de 35%, Participação nos Lucros e/ou Resultados, a Cesta básica (Vale-Alimentação). Não podemos aceitar qualquer alternativa de retrocesso nos direitos, por isto é importante defendermos a manutenção da Convenção Coletiva. Mesmo em um ano marcado por uma pandemia da Covid-19, o Sindicato garantiu direitos que estavam ameaçados pelas Medidas Provisórias 936, 905 e 927 do governo federal, e ainda segue negociando para mantê-los assegurados. Mais de 170 acordos de redução/suspensão de jornada de trabalho, banco de horas, home office, foram realizados. Os trabalhadores metalúrgicos também, mesmo em meio ao risco da doença, não mediram esforços, desenvolveram o seu trabalho e merecem ser reconhecidos”, destacou.

A entrega da pauta marca o início das negociações com os grupos patronais. As primeiras mesas-redondas para discussão das cláusulas devem ser iniciadas nas próximas semanas. A data-base é 1º de novembro.

Todas as normas de biossegurança recomendadas pelos órgãos públicos de saúde, foram seguidas durante a cerimônia de entrega da pauta de reivindicações, devido a pandemia da Covid-19.

Sindicato intensifica as assembleias da Campanha Salarial nas empresas de Piracicaba e região

O Sindicato já iniciou o processo de mobilização dos trabalhadores com assembleias da Campanha Salarial em diversas empresas. As assembleias itinerantes já aconteceram nas empresas Redrasfer, Fazanaro, Link Steel, Painco, Dedini (Matriz, Mecânica e Fundição) e Equipe. “Quanto mais forte a união dos trabalhadores, mais forte será o nosso poder de negociação junto às empresas”, destacou Juca.