Campanha Salarial 2021: União e fortalecimento garantem conquistas

Finalizamos mais uma campanha salarial, em que o trabalho da diretoria do Sindicato e a união e apoio dos trabalhadores foram determinantes para alcançarmos esse acordo. Em um momento difícil do país, devido a uma grave crise econômica, desemprego, ataques aos direitos, pandemia, alta nos preços dos produtos e serviços, garantimos o reajuste salarial e a manutenção de todas as cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho.

Com a aprovação da reforma trabalhista, a Convenção Coletiva se tornou a principal fonte de proteção do trabalhador. Formada por um conjunto de cláusulas que vão além dos direitos da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), a Convenção Coletiva é válida para todos os trabalhadores, independentemente de quantos funcionários a empresa possui. Quando partimos para uma negociação, vamos discutir a Convenção Coletiva, pois não existe lei para o reajuste salarial, por isto buscamos a data-base; cesta básica (vale-alimentação), não tem na lei, somente na Convenção Coletiva de Trabalho; hora extra de 60%, não tem na lei, somente na Convenção Coletiva de Trabalho; não existe regra na lei para o pagamento da PLR, na Convenção Coletiva de Trabalho, para empresas acima de 50 funcionários, tem que haver negociação entre Sindicato e empresas.

A Convenção Coletiva ela é tudo mais que a lei. Sabemos da sua importância e sempre lutaremos pela sua manutenção. Foi uma campanha salarial que exigiu muito empenho e dedicação, mas no fim saímos vitoriosos, garantindo assim todos os direitos dos trabalhadores.

A classe trabalhadora precisa continuar unida fortalecendo e valorizando o Sindicato, para que assim possamos continuar fortes e atuantes conquistando mais direitos, melhores salários, empregos, fazendo assim o Brasil voltar a crescer.

Agradecemos a todos pelo apoio em mais um ano. O trabalho do Sindicato não para e estaremos sempre à disposição do trabalhador, por isto pedimos em caso de qualquer irregularidade na empresa, denuncie ao Sindicato. Atraso de salários, não pagamento da PLR, cesta básica, falta de segurança no trabalho, assédio sexual e moral, denuncie através do telefone (19) 3417-8140, WhatsApp (19) 99659-8062, redes sociais (facebook/instagram) ou pelo site www.metalpiracicaba.com.br

A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região, deseja a todos um Feliz Natal e um Ano Novo de muitas conquistas.

Wagner da Silveira – Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Piracicaba e região